Aula Dialética – Paulo Freire


Percepção da Realidade e Autopercepção

Uma aluna, na aula de Genética, trabalhando com Binômio de Newton viu sua colega resolver o problema corretamente e disse: - “Pelo amor de Deus, isto não é para minha cabeça! Na minha cabeça é impossível resolver isto! É muito difícil.”

Eu, professor de Biologia, respondo:

- Você já não resolveu o seu problema? O seu problema, não é Genética, estou certo ou não? Isto que passa na sua cabeça, não é fugir da batalha? Não é ser derrotado antes da luta? Porque fugir da batalha é ser derrotado antes da luta! Assim que tal, observar o que foi feito, acompanhar o processo, repensando?

Em seguida, ao resolver o problema, continuo.

- Conseguiu? Parabéns! Fico muito feliz. Você percebeu que a sua “cabeça” é excelente? Só precisou tirar a “barreira” que estava na sua cabeça, percebeu?

Ela ficou lacrimejando de alegria e me abraçou, emocionada!

Até hoje, ao me encontrar vem correndo com alegria e me abraça.

E, eu estou feliz a cada momento que a vejo!

Postagens Principais
Postagens Recentes