ENSINO FUNDAMENTAL

 

"Ninguém educa ninguém"

 

À luz deste pensamento de Paulo Freire, o Centro de Educação Vivencial Mater et Magistra, fundado em 1981, tem como princípio uma pedagogia em que o ser humano seja o sujeito da sua própria educação. Assim os "educadores" devem criar um ambiente propício para a aprendizagem.

Aulas vivenciais nas quais se aprende a cultura indígena através da culinária e da música.

Além disso, nossos alunos participam ainda de teatro, visita aos principais museus, Dia na Fazenda, Ciclo Cultural, Olimater (Olimpíadas da Mater), Festas... Sempre procurando motivar a criatividade e a construção coletiva e solidária do conhecimento, embasados no potencial e na individualidade de cada aluno. Trazer os problemas do mundo para a Escola e desafiar as crianças a resolvê-los. A partir daí, lança e testa hipóteses, estimulando o desenvolvimento das habilidades operatórias e as competências intelectuais. Eis a meta-síntese da Educação Vivencial...