Ciclo Cultural 2019 - Memórias: entendendo o passado para transformar o presente.

Memórias: entendendo o passado para transformar o presente.

 

O Ciclo Cultural da Mater em 2019 usou as memórias como um eixo em torno do qual gravitaram todas as experiências desde o Maternal até o 9º ano do Ensino Fundamental.

A narrativa se inicia com uma viagem a Cordisburgo, cidade do coração, de onde as crianças atravessam os rios e as montanhas de Minas Gerais lendo Joãozito- Joãozinho através das lentes de Miguillim e descobrem uma deliciosa aventura pelo mundo das memórias de João Guimarães Rosa e as ousadias de um menino que se quer brincante no campo e na cidade.

Das águas doces de Minas Gerais partimos para os rios invisíveis de São Paulo, a partir das pesquisas dos alunos do 7º ano do Fundamental 2 as Memórias da Metrópole se fazem em forma de leitos e nascentes.

As memórias da terra reaparecem nas narrativas dos indígenas trazidas pelos alunos do 9º ano com toda sua poética, cultura e tradição.

Seguindo a rota da memória e da criação, os alunos do 6º ano trouxeram os avanços tecnológicos traduzidos por diferentes invenções.

Para os alunos do 8º ano, as memórias sensíveis do Diário de Anne Frank fecham o Ciclo nos ajudando a pensar na construção de uma civilização onde as crianças possam brincar de ser crianças e os corações dos adultos guardem os sons dos rios e dos risos e não as cores da dor.